Notícias

O 1º JORNAL DA IMOBILIZAÇÃO ORTOPÉDICA DO BRASIL!

 

 

 

O Jornal contará com oportunidades de emprego, novos concursos, matérias especiais e colunas que servirão de suporte para assuntos jurídicos e assistenciais, dentre outros.

Levantando um panorama histórico da profissão, nunca se houve um veículo jornalístico oficial para os profissionais. Wladmyr Mendes, referência Nacional da Imobilização Ortopédica no Brasil, em entrevista, expressa sua opinião dizendo que o surgimento do Jornal será considerado como um divisor de águas para a profissão, e consequentemente, para a área da saúde no País como um todo. Wladmyr Mendes declara ao ser questionado sobre a criação do jornal: “É o PRIMEIRO VEÍCULO OFICIAL de comunicação específico da área de Imobilização Ortopédica. Precisávamos de uma postura profissional na comunicação para a nossa categoria que vive perdida há muitos anos nesse sentido.” E termina enfatizando que a seção tecnológica, por sua vez, servirá, segundo ele, para ” abrir os olhos da Categoria”. E completa: “Afinal, é fundamental ficar por dentro de novos estudos, avanços e inovações da área.” 

De acordo com a equipe jornalística montada para realizar este feito histórico, o jornal terá seções dedicadas para os profissionais e estudantes, visando atingir diferentes públicos e interesses. Sendo assim, os jornalistas optaram por uma linguagem menos formal e objetiva, tendo em vista que o mais vantajoso para o profissional de Imobilização Ortopédica é a objetividade na informação, já que em sua grande maioria têm acesso a informações desencontradas de pessoas que na verdade desconhecem a área ou mesmo que disseminam inverdades e tendenciosidades para favorecer interesses pessoais ou institucionais. Visualmente falando, o jornal será simples, eletrônico e fácil,  justamente para ser acessível e privilegiar o entendimento de todos, entretanto, será aperfeiçoada a cada edição e seguirá padrões de design já trabalhados e vistos em grandes jornais do Brasil, a fim de transparecer sua seriedade e compromisso com a qualidade jornalística para com os profissionais. “A linha editorial do jornal presará totalmente pela imparcialidade” nos responde Wladmyr Mendes, ao ser lembrado sobre o cenário de fake news em meio a tantas informações falsas propagadas nas mídias sociais, e complementa: “Pretendemos focar nas questões fundamentais e estruturais da categoria. Somente a verdade dos fatos noticiada de forma imparcial pode fazer com que as coisas mudem.” Em tom de protesto, confirma ainda o quadro anteriormente citado sobre as informações e notícias sem qualquer compromisso jornalístico para com a Categoria: “Como disse anteriormente, temos sido enganados há anos por pessoas com interesses alheios aos da categoria e que se aproveitam dela para várias questões de interesse pessoal ou grupal. De fato, a categoria carece de informações bem apuradas e imparciais, tendo em vista que é comum fake news serem levantadas pelos próprios profissionais, e até mesmo por figuras conhecidas da categoria.”

Wladmyr Mendes revela também que tem a expectativa de “conseguir gerar orgulho nos profissionais por essa conquista da categoria”, e  completa: “Caso contrário, continuaríamos a ser só massa de manobra para campanhas políticas ou para venderem cursos, livros, apostilas e outras coisas que interessam aos aproveitadores sempre de plantão.” Visivelmente emocionado, Wladmyr finaliza: “Na verdade, não tenho muitas palavras agora para explicar ou expressar minha satisfação em poder proporcionar isso a mães e pais de família espalhados pelo Brasil.”